Notícias

30/09/2020

Nota de Repúdio - Comissão Defesa Assistência e Prerrogativas

A OAB/MG, através da COMISSÃO DEFESA ASSISTENCIA E PRERROGATIVAS da Seccional Mineira vem repudiar veementemente as agressões sofridas pelo advogado José Flávio Barroso Madaleno, ocorridas na data de 15 de setembro próximo, no município de Santa Margarida/MG, praticadas por policiais militares daquela circunscrição.

Informa que já houve representação junto ao Ministério Público do Estado de Minas Gerais, requerendo a imediata instauração de ação penal contra os militares, em razão da prática de abuso de autoridade. Foi feita representação, ainda, junto ao Corregedor Geral da Polícia Militar de Minas Gerais, solicitando imediata aplicação de sanções administrativas contra os referidos militares.

O professor José Flávio, como é carinhosamente conhecido pelos milhares de ex-alunos e colegas de trabalho, leciona em instituição de ensino na cidade de Manhuaçu/MG (que inclusive se manifestou publicamente em apoio a ele) e, ainda, é advogado militante em diversas comarcas da região. É um exemplo de profissional sóbrio, técnico e intransigente com os direitos de seus clientes e, justamente por isso, fora utilizada força bruta para tentar calá-lo. Sem sucesso pois ele não se calou e persistiu requerendo fossem respeitados suas prerrogativas e os direitos de seu cliente.

A advocacia não é uma profissão para covardes e o advogado e professor José Flávio é um exemplo disso.

Reiteramos, por oportuno, que o advogado é indispensável à administração da justiça e a violação de prerrogativas é crime!

A Seccional Mineira acompanhará o caso de perto para que seja restabelecida a justiça.

Minas Gerais, setembro de 2020.

Glauco Macedo, advogado e Delegado de Prerrogativas da OAB/MG.